quinta-feira, 13 de junho de 2013

Toda dela.

Ela tem um sorrisão que engole o mundo.
Ela faz serenata com o olhar.
Ela embala meus sonhos em vento e depois desenrola no mar.
Ela mexe meus quadris e dança. Me deixa boqui.aberta.
Ela suspira nos meus ouvidos e eu...deliro.
Ela fecha meus olhos e recheia meus sentidos (b)agu(n)çados.
Ela reaviva meu olfato e me enlouquece com seu perfume de matar.
Ela me arrepia, me fascina, me dá medo e depois coragem.
Ela é pura poesia.
Ela é uma anedota sem fim.
Ela...é infinita descrição e palavras repetidas. Encantadoras.

Ela é a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar um pouco de si por aqui!