quarta-feira, 2 de julho de 2014

Dor do crescimento

Faz um tempo, mas me lembro das dores que tinha quando era pequena. Dores no corpo, nas pernas. Sempre que me queixava, minha mãe dizia "é dor do crescimento, filha". Talvez fosse mesmo. Eu sempre fui uma das mais "grandinhas" da minha turma e chorava por isso; não podia entrar na maioria dos brinquedos para minha idade. Dor do crescimento. Ou talvez fosse um jeito da vida me fazer amadurecer um pouco mais rápido. Hoje, minhas queixas sobre as dores no corpo não são mais porque estou crescendo de altura; é pela postura errada mesmo. Mas, confesso, vez ou outra ainda me pego triste pelos parquinhos que não posso brincar: ou já "passei da idade" ou "ainda não tenho dela o suficiente". Dor do crescimento. Ser grande deve ser coisa séria. Talvez seja por isso que às vezes doi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar um pouco de si por aqui!